Aprender, Reaprender e Desaprender

Aprender, Reaprender e Desaprender Este título acima é o trecho de uma famosa frase que há tempos utilizamos em nosso material.

Ela não é nossa mas representa muito bem alguns de nossos valores O Conhecimento.   Esta frase pertence ao escritor e futurista norte-americano, chamado Alvim Tofler, conhecido pelos seus escritos sobre a revolução digital, a revolução das comunicações e a singularidade tecnológico.

Alvim nasceu em 4 de outubro de 1928 e sua data de falecimento foi 27 de junho de 2016.   O que mais impressiona nestes martires do pensamento filosófico, são sua atemporalidade. Veja que suas frases e leitura de tendências já estavam previstas muito antes de tudo o que estamos vivendo agora.

Em nossos valores, conhecimento está descrito da seguinte forma: Acreditamos no fluxo do conhecimento entre as pessoas e na evolução por meio do autoconhecimento. Como consultor e treinador vivemos esta troca todos os dias, onde sempre nos focamos em como absorver mais conhecimento. O mundo das vendas é repleto de conhecimento farto em cada um dos profissionais que por anos atuam como protagonistas do progresso. Esta definição também utilizamos com frequência.   Acreditamos que estes Bandeirantes, os vendedores, para usar o termo daqueles que promoveram o progresso no interior de nosso país são uma fonte inesgotável de experiências e conhecimentos, sobre diversos temas e em especial sobre pessoas. Um bom vendedor é um especialista em gente.

O que nos intriga neste processo todo, é o fato de que apesar de conhecerem muito de gente, deixam pouco espaço ou mesmo não se permitem a se autoconhecer. Em diversos momentos que tive a oportunidade de abordar este assunto com profissionais ou times de vendas, sempre notei um certo receio. Acredito que os vendedores, por sempre terem como missão serem as pessoas fortes da companhia, pois são os primeiros a serem acionados em momentos de crise ou de grandes desafios de crescimento, muitas vezes não se permitem assumir a própria fragilidade, aquela que todo nós humanos temos.

Gosto de dizer que é preciso ter coragem para se auto-conhecer. Imagina quando você olhar para o espelho, não o do corpo físico mas o interno e eventualmente se deparar com  uma pessoa que você não reconhece, não é fácil, mas é necessário.    Acredito muito que cada um tem seu tempo, mas o que me proponho neste artigo é compartilhar que existe muita beleza neste processo. Saber quem realmente somos, nos permite ir atrás daquele conhecimento que acreditávamos já possuir.   Assumir a fragilidade é um ato de tremenda coragem. É a partir dela que tudo começa, inclusive vender mais.

Digo vender mais pois diariamente nos deparamos com profissionais pensado quais são as melhores formas de treinar e ensinar vendedores, uma vez que já possuem conhecimento bastante amplo e por outro lado por vezes se julgam completos.   Acredito que o ponto inicial é fazer um trabalho de conscientização que mesmo com todo conhecimento e tendo anos de experiência é sempre possível aprender um pouco mais.

Há um ensinamento budista que diz que diante de novas oportunidades, devemos nos colar sempre no papel de aprendiz, o risco, afinal o risco que teremos é de aprender um pouco mais.   Fica aqui então um convite para nossos colegas que assim como eu são vendedores, que se permitam assumir suas fragilidades, e se for difícil procurem com afinco descobrir uma área de conhecimento que acredita que pode evoluir. Dedique a ela e verá que sempre é tempo de aprender.

Aos que gostaram deste artigo e tiverem interessem teremos um treinamento em breve que ajudará a se conhecer melhor, embarcara técnicas de vendas e evoluir como profissional e como ser humano.

Vamos todos continuar a aprender, desaprender, reaprender…

Viva Alvin Toffler!

#foguetenaotemre

Link Externo

Dica do meu curso de Aceleração de Vendas.

Clique aqui inscreva-se e se permita continuar ampliando sua biblioteca.   Abs

Fique por dentro
das novidades
Nada de spam por aqui! Muitas notícias, insights, informações e conhecimentos compartilhados sobre o munda das vendas.