APOLOGIA AO TREINAMENTO

Antes de pensar em trocar aquele seu vendedor que não bate meta, saiba que o vendedor do concorrente pode ser pior que o seu, ou seja, trocar seu time não é uma boa opção!

É preciso treinar, treinar e continuar treinando.O desenvolvimento humano e profissional é uma carência em nosso país. Trocar o seu time de vendas não é uma boa opção, pois a chance do seu concorrente ter vendedores piores que os seus é grande, sem mencionar o fato de que os que estão lá possuem problemas que você ainda não conhece.

A melhor alternativa é buscar o treinamento constante do time e insistir bastante no desenvolvimento da equipe, antes de optar pela troca. Acredito que para avaliar de forma consistente um time de vendas, devemos, sempre que possível, olhar três aspectos fundamentais:

1 – Conhecimento Técnico em Vendas
Quanto que o seu vendedor conhece e entende sobre o processo que está executando? Ele vende pois tem mais sorte ou mais juízo? Ele sabe pilotar com instrumentos como CRM, Funil de Vendas, Cold Call, Pipeline? 

2 – Conhecimento do Produto
Seu vendedor conhece verdadeiramente o que está oferecendo? 

3 – Desenvolvimento Humano
Como você classifica as habilidades humanas e interpessoais do seu vendedor?

Os tópicos acima devem ser analisados como um filme e não uma foto, ou seja, mudam a cada instante; e isso é bom, pois podem evoluir a qualquer instante.

Em geral os vendedores são avaliados e premiados a partir de seus resultados dentro de um período específico, ignorando sua evolução ou seu passado. A divisão é binária, ou atingiu a meta, ou não. Ponto final! 

Quem nunca ouviu a frase: Vendedor não tem passado?”. 

São crenças como essas que atrasam o desenvolvimento de todos os vendedores do nosso país. Esta frase acima representa um grande buraco nos métodos de avaliação e desenvolvimento dos times de vendas, pois ignora o processo de construção de uma carteira ou de uma carreira, os indicadores parciais de vendas mostram uma grande tendência de performance, mas quando focamos apenas nas vendas estamos ignorando a eficiência de todo um processo.

 Aquele vendedor que quase bateu a meta muito provavelmente conseguiria com mais um ou dois meses no ano, se você acha isso errado, sugiro que revise seus conceitos, pois esse vendedor, com o treinamento adequado, pode se tornar um forte integrante do seu time.

Em alguns casos, os vendedores bem treinados, além de conquistarem suas metas, são membros que lideram pelo exemplo e favorecem o ambiente. Pense nisso! Com certeza você já se deparou com aquele vendedor que sempre bate as metas primeiro mas deixa o clima do time pesado, não é mesmo?
Até a próxima!
#foguetenãotemré
Marcelo Scharra.
Fique por dentro
das novidades
Nada de spam por aqui! Muitas notícias, insights, informações e conhecimentos compartilhados sobre o munda das vendas.