Já parou para pensar nos hábitos que podem estar atrapalhando as suas vendas?

Hábito, já que é inevitável tê-los, o melhor é conhecê-los e escolher os melhores, se possível, renovando-os sempre.

Todos os animais possuem hábitos, atividades e comportamentos repetitivos que nos levam a manter nossas ações e reações limitadas a um repertório que o nosso cérebro entende e utiliza de forma sagaz para diminuir o desperdício de energia.

Quando observamos alguém que dirige ou anda de bicicleta desde muito tempo e nos perguntamos se essa pessoa ainda tem de pensar para realizar os movimentos necessários para dirigir esses veículos, a resposta certamente será “não”. Depois de muitas atividades repetidas o nosso cérebro já encontra uma forma de fazê-la gastando o mínimo de energia e isso é um hábito. Animais criam uma trilha que utilizam para ir e vir de suas tocas, nós também fazemos isso, não somos tão diferentes..

Almoçamos nos mesmos restaurantes todos os dias, fazemos uma composição de alimentação semelhante todos os dias e provavelmente andamos pelo mesmo lado da calçada ao ir e vir do trabalho. Isso não é ruim, é apenas uma constatação de nossos hábitos.

Além dos hábitos das ações, existem alguns mais nocivos e eles são os hábitos das reações, ou seja, a maneira com que respondemos a determinados estímulos. Um hábito bem comum é o de beber ou de fumar. Tanto um quanto o outro possui o que chamamos de gatilho, algum fato ocorre e tomamos uma decisão, um momento de stress no trabalho e mais um cigarro é aceso. Chegou sexta feira às 17hs o gosto de álcool já pode ser mentalizado, as vezes até sentido, é o nosso cérebro já pensando na recompensa daquela semana corrida. “Eu mereço”.

Existem também os hábitos saudáveis, como praticar atividade física, rezar, meditar ou ler bons livros.

No dia a dia de vendas nosso cérebro utiliza a mesma estrutura. Realizamos as ligações da mesma forma, apresentamos nossa empresa do mesmo jeito e por muitas vezes ignoramos a diversidade de interlocutores com quem tratamos todos os dias.

Há um gatilho muito poderoso que atinge todos que atuam nas frentes comerciais, o de perder uma venda. Este poderoso gatilho pode nos fazer comer aquele prato de feijoada, nos deixando parcialmente “avariados” pós almoço…rs…ou mesmo deixando nosso dia improdutivo por disparar uma reação de tristeza e lamentação.

Revisar nossos hábitos é muito importante pois se não podemos deixar de tê-los, podemos escolhê-los e isso é uma ótima notícia.

Outra boa notícia é que apesar de não ser tão fácil de mudá-los, uma mudança positiva estimula outra, por exemplo, se você colocar atividades físicas na sua rotina você terá mais facilidade em melhorar sua alimentação.

Caso você ainda não esteja performando da maneira com que deseja, que tal revisar seus hábitos de vendas e analisar os que são bons e devem ser mantidos e quais deles podem ser revisitados e melhorados. Procure observar seus colegas que performam igual ou melhor que você e aprecie os hábitos deles, será um grande aprendizado.

Esforce-se a observar as atitudes e reações, é muito importante que para escolhê-los jamais subestime a capacidade que seu cérebro tem de limitar sua evolução, ele sempre estará cumprindo uma de suas funções de sobrevivência a que foi designado, a de te ajudar a economizar energia, e isso, por muitas vezes pode ser limitante, uma vez que o esforço de mudar um hábito pode parecer muito maior que o êxito da mudança em si.

Por falar em bons hábitos, convido você a se conectar com nossos conteúdos em outras plataformas como o Instagram, YouTube e nossos podcasts no Spotify ou nesse link aqui e aproveita para ouvir uma dica super legal de um livro que fala sobre o tema deste artigo, O Poder do Hábito, um livro que apesar de ser escrito em 2012 por Charles Duhigg, tem um conteúdo super atualizado para os dias de hoje.

Boas vendas e bons hábitos!

Marcelo Scharra

Fique por dentro
das novidades
Nada de spam por aqui! Muitas notícias, insights, informações e conhecimentos compartilhados sobre o munda das vendas.