Retiros religiosos e convenções empresariais. Qual a relação?

Você concorda que os retiros religiosos são para ampliar os momentos de concentração e aumentar a convergência de pensamentos? Claro que sim, certo?

E se eu disser que as convenções empresariais, além de terem o mesmo objetivo sob o aspecto da empresa, conseguem atuar nas mesmas camadas do cérebro de alguém que participa de um retiro espiritual? Pois é!

Certo dia, após terminarmos uma convenção com um grande time de vendas que atua em todo Brasil, conversamos justamente sobre a importância e a correlação dos retiros religiosos e as convenções empresariais.

Pode até parecer estranho num primeiro momento, mas vamos analisar os dois eventos, os retiros espirituais e as convenções.

Retiros espirituais são momentos de concentração, realizados e celebrados pelas mais diversas religiões. Budistas, evangélicos, espíritas, judeus, católicos, umbandistas, e diversas outras crenças tem os seus momentos para convergir os pensamentos.

O retiro, por definição, é quando o indivíduo desliga-se de sua rotina e passa a concentrar-se em algo específico. Alguns podem fazem “pequenos retiros” semanalmente, sexta sábado e domingo são os dias mais comuns para isso.

O tempo de duração pode variar muito, desde horas, dias ou em casos mais extremos pode levar semanas, porém independentemente do tempo, todos tem uma característica essencial em comum, são os momentos de concentração, onde o ambiente e a exposição a estímulos externos são restritos, buscando aumentar coletivamente o foco no tema central do momento e assim ampliar a consciência individual de cada um.

O mesmo acontece nas convenções empresariais que se propõem a reunir os times em um local específico por alguns dias. A proposta desse evento, assim como em qualquer religião, é proporcionar um ou vários momentos de reflexão a todo o time e claro, para à própria empresa.

São nestes momentos, religiosos ou corporativos, que as pessoas além de estarem focadas em determinados temas, com algum grau de reflexão, são expostas a experiências e estímulos que em outros momentos não seriam possíveis ou pelo menos não com a mesma intensidade.

Os estímulos em religiosos podem variar desde o ar gelado da própria cátedra, músicas, incensos ou rituais de passagem podem completar estes momentos.

Alguns destes estímulos, associados a restrições como o jejum por exemplo, são capazes de acessar as camadas mais profundas do cérebro e gerarem reflexões que colocam as pessoas em outro estágio logo após o processo. Algumas reflexões reverberam na mente por dias, semanas, meses, até que uma nova forma de pensar seja criada ou solidificada e esse é o verdadeiro objetivo desses esforços.

No mundo corporativo a essência é  a mesma, colocar foco e concentração sobre um tema específico. Nas Convenções de Vendas o foco é claro, como fazer a empresa atingir as metas de crescimento e como as pessoas que ali estão podem ou devem contribuir pra isso.

O grande desafio nas convenções de vendas é garantir uma boa execução dos estímulos mais tradicionais como trabalhos em equipe ou jogos corporativos e ainda assim conseguir acessar as camadas de pensamentos mais profundas e despertar no time comercial sentimentos que ao longo do tempo ficam adormecidos, mas a verdade é que eles nunca deixam de existir.

Nas convenções, com o contato próximo entre pessoas com os mesmos objetivos, é que temos a oportunidade de trabalhar estes sentimentos, além de acumular mais conhecimentos técnicos e práticos para atingir as metas e o plano estratégico estabelecido.Por último ressalto que são nestes momentos que estimulamos e valorizamos o ato de pensar e refletir, característica esta que “a correria do dia a dia” teima em nos restringir.

Espero que toda a tecnologia e conectividade dos tempos de hoje não reduza as convenções empresariais, onde ricos momentos de convívio e reflexão coletiva geram de forma natural catarses de criatividade e inovação, a uma simples videoconferência.

Afinal de contas ainda não vimos nenhuma das religiões milenares abrirem mão de seus momentos reais, rituais e a valorização da conexão com o indivíduo.

#vendasvendasvendaswow
#foguetenaotemre
Até a próxima!
#foguetenãotemré
Marcelo Scharra.
Fique por dentro
das novidades
Nada de spam por aqui! Muitas notícias, insights, informações e conhecimentos compartilhados sobre o munda das vendas.